Pílula contraceptiva aumenta o risco de Cancro do Colo do Útero

Estudo publicado na revista “The Lancet”

30 novembro 2007
  |  Partilhar:

 

A pílula contraceptiva aumenta o risco de desenvolver cancro do Colo do Útero, um perigo que diminui quando as mulheres deixam de a tomar, revela um estudo publicado na revista médica britânica "The Lancet".
 

 

De acordo com a investigação da University of Oxford, o risco é maior se as mulheres tomarem a pílula durante um largo período de tempo. Contudo, se deixarem de tomar o contraceptivo oral durante dez anos, o risco diminui drasticamente, é como se nunca tivessem tomado a pílula.
 

 

Estudos anteriores chegaram a associar a pílula a um maior risco de Cancro da Mama e a uma diminuição do risco de Cancro nos Ovários e no Colo do Útero.
 

 

Os investigadores analisaram 52 mil mulheres que tinham participado em 24 estudos em todo o mundo. E esta não é a primeira vez que os especialistas encontram uma ligação entre a pílula e o cancro do Colo do Útero, mas até agora não estava clara a relação com o período de tempo.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.