Pílula: 68% das mulheres corre o risco de engravidar

Problema é o esquecimento

12 setembro 2004
  |  Partilhar:

Mais de dois terços (68 por cento) das mulheres que tomam a pílula correm o risco de engravidar por se esquecerem de um ou mais comprimidos regularmente. Um estudo europeu sobre contracepção oral realizado a 2.278 mulheres, entre os 18 e os 40 anos, veio revelar que uma em cada cinco (22 por cento) admite que esse esquecimento acontece todos os meses. O trabalho, dado a conhecer esta sexta-feira pelo site www.infociencia.pt, revela que o esquecimento regular da pílula é muito frequente e diminui a eficácia do contraceptivo, colocando as suas utilizadoras em risco de uma gravidez não planeada. Os investigadores salientam que o esquecimento da pílula é um factor que contribui para as elevadas taxas de gravidezes não planeadas na Europa. Por isso, defendem que muitas destas mulheres deveriam beneficiar dos novos métodos contraceptivos que não requerem uma administração diária. O estudo intitulado «European Women on Contraception», revelou ainda que é nos países onde a pílula é mais utilizada que as mulheres menos se preocupam com a sua toma. Na Holanda, França e Alemanha, onde a maioria das mulheres opta por este contraceptivo oral, entre 68 a 80 por cento admite esquecer-se regularmente de a tomar. Em Itália e Espanha a percentagem é de 50 por cento. Quanto às justificações para falhar a toma da pílula, as francesas dizem não ter um momento definido para a tomar, as alemãs argumentam com situações de stress, as holandesas e as espanholas salientam os acontecimentos inesperados e as italianas não apontam qualquer razão específica. Quando questionadas acerca da frequência ideal de toma da contracepção, a maioria das mulheres inquiridas (77 por cento) revelou o desejo de ter um contraceptivo de utilização mensal. O estudo envolveu 2.278 mulheres, com idades entre os 18 e os 40 anos, da Holanda, França, Itália e Espanha, e teve como objectivo avaliar as atitudes e preferências face à contracepção. Fonte: Diário Digital

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.