Pilotos e hospedeiras mais propensos a sofrer de cancro

Radiações em altitudes superiores são as responsáveis

27 outubro 2003
  |  Partilhar:

 As hospedeiras de bordo são mais propensas a sofrer de cancro da mama e da pele devido às radiações que se encontram a altitudes superiores. De acordo com um estudo divulgado pela Universidade Reykjavik, na Islândia, o risco tende a aumentar após cinco anos de profissão.Num outro estudo, realizado por investigadores do Centro de Saúde Pública de Estocolmo, na Suécia, verificou-se um aumento do melanoma maligno, a forma mais mortal do cancro da pele, na tripulação de cabine. Ambos os estudos foram publicados na semana passada na revista Occupational and Environmental Medicine. «Há uma evidência crescente de que a tripulação de cabine tem um maior risco de sofrer de melanoma maligno e de cancro da mama», precisou Elizabeth Whelan dos Centros para o Controlo e Prevenção de Doenças nos EUA, num comentário sobre estes dois estudos. Segundo Whelan, as doses de radiação ionizante cósmica aumentam à medida que se sobe de altitude. Quanto mais voos forem realizados, especialmente os a alta altitude, maior o risco de vir a sofrer destas doenças, explicou a especialista.Fonte: Diário Digital

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.