Pessoas intuitivas têm menos «faro» para detectar mentiras
19 março 2002
  |  Partilhar:

As pessoas que se consideram intuitivas têm menos «faro» para detectar mentiras. É o que afirma um estudo realizado por cientistas da Universidade do Centro de Lancashire, em Preston, Grã-Bretanha. A investigação foi relatada na edição electrónica da revista «Newscientist».
 

 

«Em geral, as pessoas não são boas detectoras de mentira. Elas acertam entre 45% a 65%. O meu objectivo era saber se existiam meios de tornar as pessoas mais capazes de detectar mentiras», explicou Paul Seager, autor do estudo.
 

 

Seager mostrou 10 vídeos - com pessoas a falar sobre os seus filmes preferidos, algumas destas diziam a verdade enquanto outras inventaram argumentos falaciosos - a 200 voluntários e pediu que estes dessem a opinião de quem estaria a falar a verdade. Os participantes foram separados em dois grupos: os intuitivos e os normais.
 

 

O primeiro grupo acertou em 59% das vezes e o segundo em 69% das vezes. “Os intuitivos apresentaram resultados normais, mas o outro grupo foi bem melhor”, disse Seager.
 

Uma das explicações apresentadas pelo cientista sobre o facto dos mais «intuitivos» não repararem tão bem nas mentiras reside, segundo o estudo, no facto de estes apontarem como possíveis mentirosos os indivíduos com tiques como evitar o contacto visual ou mexer no nariz. Ao invés, os categorizados como «não-intuitivos» procuram tiques como movimentos de braços ou do pé.
 

 

A investigação também sugeriu que os indivíduos que contaram mentiras restringem os movimentos dos braços e pés.
 

 

O importante, segundo a investigadora, é não acreditar tanto na intuição e observar mais os movimentos das pessoas. Aliás, reforça, é por esta razão que os polícias conseguem detectar as mentiras durante as investigações.
 

Este estudo foi apresentado durante a conferência anual da Sociedade de Psicologia Britânica, em Blackpool, Lancashire, Reino Unido
 

 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.