Pessoas fisicamente mais frágeis respondem mais depressa a sons ameaçadores

Estudo apresentado no encontro da Acoustical Society of America

06 maio 2009
  |  Partilhar:

As pessoas com menos força física são mais propensas a perceber o som de algo ou de alguém que se aproxima mais perto do que o som realmente está.

 

O estudo da Universidade de Wooster, nos EUA, foi apresentado no 157º encontro da Acoustical Society of America.

 

Em entrevista ao sítio EurekAlert, os cientistas explicaram que essa maior rapidez na percepção do som pelo cérebro pode ser uma defesa dos fisicamente mais fracos contra os perigos que se aproximam.

 

No estudo, os voluntários foram submetidos a um teste de sons “ameaçadores”, no qual os participantes ouviam um som que se aproximava, tendo de carregar imediatamente num botão no momento em que acreditavam que o som estava directamente à sua frente. Segundo os investigadores, os voluntários mais franzinos apertavam o botão com mais tempo de antecedência, em comparação com os restantes, fisicamente mais fortes.

 

Os resultados também indicaram que as mulheres tendem a responder mais rapidamente aos “sons ameaçadores” do que os homens, embora as diferenças tenham sido subtis.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.