Pessoas criativas e esquizofrénicos têm sistemas dopaminérgicos semelhantes

Estudo publicado no “PLoS ONE”

16 junho 2010
  |  Partilhar:

O sistema dopaminérgico (receptores de dopamina D2) das pessoas saudáveis muito criativas é semelhante, em alguns aspectos, ao observado nas pessoas com esquizofrenia, revela um estudo do Instituto Karolinska, na Suécia, publicado no “PLoS ONE”.

 

A capacidade criativa tem vindo a ser associada a um risco ligeiramente superior de esquizofrenia e distúrbio bipolar. Alguns traços psicológicos, tais como a capacidade de fazer associações pouco comuns, também são partilhados por esquizofrénicos e pessoas saudáveis altamente criativas. Contudo, nenhum estudo científico tinha comprovado esta relação entre criatividade e saúde mental.

 

Na investigação, liderada por Fredrik Ullén, foi medida a criatividade de indivíduos saudáveis, utilizando vários testes psicológicos em que a tarefa era descobrir soluções diferentes para um problema.

 

"O estudo mostrou que as pessoas muito criativas que tiveram bons resultados nos testes também apresentaram uma menor densidade de receptores D2 no tálamo, ao contrário do que acontece com as pessoas menos criativas", explicou o cientista à EurekAlert, acrescentando que os esquizofrénicos também são conhecidos por terem uma baixa densidade D2 naquela parte do cérebro, sugerindo uma relação entre a doença mental e a criatividade.

 

O tálamo é um centro de organização cerebral, cuja principal função é servir de estação de reorganização dos estímulos vindos da periferia e do tronco encefálico.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.