Peso também influi na fertilidade masculina

Homens gordos ou muito magros produzem menos espermatozóides

09 março 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

 

 

Até há pouco tempo, acreditava-se que só as mulheres obesas ou muito magras tinham mais dificuldades em engravidar. Mas, um estudo apresentado no encontro da Sociedade Americana para Medicina Reprodutiva revelou que os homens com estas características também apresentam mais problemas reprodutivos.
 

 

O estudo sobre a qualidade dos espermatozóides foi feito por médicos em vários hospitais e universidades na Dinamarca e envolveu 1.558 homens com uma média de 19 anos. As amostras foram recolhidas durante os exames necessários para entrar no serviço militar de duas cidades.
 

 

Os médicos avaliaram o número, a concentração, o volume e outras medidas que indicam a qualidade dos espermatozóides. Os resultados foram comparados com o peso dos pacientes (se estavam acima, na média ou abaixo do peso normal). Foi usado o Índice de Massa Corporal (peso dividido pela altura ao quadrado).
 

 

A quantidade e a concentração de sémen foram, respectivamente, 28,1 e 36 por cento menores em homens muito magros. As mesmas medidas para homens muito gordos foram, respectivamente, 21 e 23,9 por cento menores. Segundo os cientistas, o homem que está com baixo peso pode ter uma vida saudável, mas também corre riscos de sofrer muitas doenças. Os estudiosos não sabem, no entanto, quais são as razões que levam a essa situação.
 

 

Um outro estudo, também dos mesmos autores, sugere que fumar e consumir álcool também danifica a produção de espermatozóides.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.