Pescoço mais largo associado a maior risco de enfarte do miocárdio

Estudo publicado na BBC

28 julho 2009
  |  Partilhar:

Ter o pescoço mais largo aumenta a probabilidade de sofrer um enfarte agudo do miocárdio, mesmo que as pessoas apresentem um perímetro abdominal normal.

 

Um estudo realizado pela instituição americana Framingham Heart Study, e publicado na BBC, indica que a largura do pescoço pode ser um bom indicador de risco de enfarte.

 

O estudo avaliou mais de 3,3 mil pessoas, com uma média etária de 51 anos. Os cientistas verificaram que, quanto maior era a circunferência do pescoço, maiores os factores de risco. Para cada três centímetros a mais na largura do pescoço, os homens e as mulheres tinham, respectivamente, 2,2 e 2,7 miligramas a menos de “bom” colesterol (HDL) por decilitro de sangue. Para além disso, a largura do pescoço foi associada a uma maior quantidade de glicose no sangue.

 

De acordo com o responsável pelo estudo, Jimmy Bell, do MRC Clinical Sciences Centre, os resultados da investigação mostram que a saúde depende não do quanto a pessoa acumula gordura, mas do local onde essa gordura é acumulada.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.