Pesadelos e tentativa de suicídio

Estudo apresentado na Sleep

04 janeiro 2007
  |  Partilhar:

 

Um estudo publicado na última edição da revista SLEEP -publicação oficial da American Sleep Disorders Association - indica que distúrbios do sono e pesadelos são comuns entre quem tenta o suicídio.
 

 

O estudo, liderado por Nisse Sjostrom do Hospital da Universidade de Sahlgrenska, Gotemburgo, Suécia, focou-se em 165 pacientes, com idades entre os 18 e os 68 anos, que admitiram junto das unidades médicas de psiquiatria de Sahlgrenska terem tido pelo menos uma tentativa de suicídio.
 

 

Foi descoberto que 89% deles apresentaram algum problema de sono. A queixa mais comum era a dificuldade em iniciar o sono (73%), seguida da dificuldade em manter o sono (69%), pesadelos (66%) e acordar antes do tempo devido (58%).
 

 

Os pesadelos foram associados com o aumento em cinco vezes do risco de cometer suicídio. "A nossa descoberta, de uma associação entre pesadelos e tentativa de suicídio não é casual e deve inspirar clínicos a incluir perguntas a respeito dos distúrbios do sono, especialmente pesadelos na avaliação clínica de pacientes suicidas", disse Sjostrom.
 

 

Os pesadelos, muito frequentes em qualquer idade, são perturbações das sequências visuais ideais que ocorrem na mente, acordando o indivíduo do sono, e cerca de 50 a 85% dos adultos reportam ter tido um pesadelo em pelo menos uma ocasião.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.