Peritos britânicos apelam a uma moratória internacional sobre clonagem
19 junho 2001
  |  Partilhar:

A Royal Society, a mais alta instituição científica britânica, apelou hoje, através de um relatório, a uma moratória internacional sobre a clonagem humana com fins reprodutivos.
 

 

Segundo a Royal Society, a moratória internacional é a única forma de reduzir o risco de que experiências deste género sejam realizadas noutros países.
 

 

Para a instituição, a proibição da clonagem humana com fins reprodutivos vai ter o apoio do público e será justificada de um ponto de vista científico.
 

 

A Royal Society explica, no entanto, que é necessário assegurar que a moratória não seja uma ameaça à clonagem com fins terapêuticos, uma técnica recentemente autorizada na Grã-Bretanha.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.