Perfil dos sem-abrigo: homem de meia-idade desempregado

Dados da Assistência Médica Internacional

29 agosto 2011
  |  Partilhar:

Três em cada quatro sem-abrigo em Portugal são homens e têm entre 40 e 59 anos, sendo que nove em cada 10 estão desempregados, segundo dados da AMI - Assistência Médica Internacional, avançados pelo “Jornal de Notícias”.

 

As estatísticas da AMI- Assistência Médica Internacional, que no ano passado apoiou 12.383 pessoas em situação de pobreza nas suas estruturas sociais, indicam que cerca de 7% dos sem-abrigo são analfabetos, um terço só tem habilitações literárias até ao 1º. ciclo (quarto ano) e metade não vai além do 3º. ciclo (até 9º. Ano). Quase três quartos não têm formação profissional e 90% não exerce qualquer actividade profissional.

 

A maior parte (mais de 70%) tem nacionalidade portuguesa, seguindo-se os naturais dos Países Africanos de Língua Portuguesa (PALOP), e os dos países de leste. Segundo a AMI, entre os principais motivos para a situação de pobreza estão o desemprego, os problemas familiares e doenças físicas.

 

Embora o número de sem-abrigo "tradicionais" atendidos pela organização tenha diminuído no ano passado, a quantidade de mulheres nesta situação aumentou. Entre as mais de 700 pessoas sem-abrigo que pediram assistência, 29% eram mulheres, o que representa mais 4% do que em relação ao ano passado.

 

A população sem-abrigo divide-se, de acordo com a Federação Europeia de Organizações Nacionais que Trabalham com Sem-Abrigo, em quatro grandes grupos: sem-tecto (vivem na rua), sem casa (vivem em habitações temporárias), habitação precária (foram despejados) e habitação inadequada (estão em construções abarracadas).

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.