Perfil de envelhecimento da população portuguesa

Estudo conjunto de três universidades

08 fevereiro 2008
  |  Partilhar:

Quase 40% dos portugueses a partir dos 65 anos passam oito ou mais horas por dia sozinhos, segundo um estudo conjunto da Faculdade de Medicina de Coimbra, em parceria com a Faculdade de Ciências Médicas de Lisboa da Universidade Nova de Lisboa.
 

 

Os investigadores recolheram dados de todo o país (excluindo ilhas) para tentar conhecer a qualidade de vida física e emocional dos idosos. Foram inquiridas 2672 pessoas.
 

 

O estudo, revelado pelo jornal “Público”, refere que 24,85 % dos inquiridos com mais de 65 anos vivem sozinhos, mas são bastantes mais as pessoas desta idade (36,5 %) que passam os seus dias sozinhos durante oito ou mais horas por dia. Quando lhes perguntam se se sentem tristes ou deprimidos, 19,4 % respondem que é esse o seu estado emocional metade do tempo.
 

 

O estudo também demonstra que os inquiridos mantêm bons índices de autonomia - cerca de 80 % não precisam de ajuda nas suas tarefas diárias - e "boa cabeça"- só 5,8 % dos analisados tiveram uma avaliação cognitiva "desfavorável".
 

 

No total, 21 % da população estudada depende de terceiros em actividades da vida diária, situação que é pior nos mais velhos, nos homens e na região do Alentejo. Para os dois sexos, 70 anos é a altura estimada de fronteira para o aparecimento de factores de dependência funcional.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.