Perder peso entre as gravidezes diminui risco de diabetes gestacional

Estudo publicado na revista “Obstetrics & Gynecology”

09 junho 2011
  |  Partilhar:

As mulheres que aumentaram mais de oito quilos após o nascimento do seu primeiro filho, são quase quatro vezes mais propensas a desenvolver diabetes gestacional durante a segunda gravidez, aponta um estudo publicado na revista “Obstetrics & Gynecology”. O ganho excessivo de peso antes ou durante a gravidez também aumentou o risco de desenvolver a doença.

 

Contudo, o estudo também verificou que as mulheres que perderam três ou mais quilos entre as gravidezes reduziram em 50% o risco de desenvolver a condição. Os benefícios dessa perda de peso são ainda maiores para as mulheres que estavam acima do peso antes de dar à luz o seu primeiro filho.

 

Para o estudo foram avaliadas mais de 22 mil mulheres no norte da Califórnia durante uma década. As mulheres que aumentaram de cinco quilos e meio a oito quilos entre as gestações foram mais de duas vezes propensas a desenvolver diabetes gestacional em comparação com aquelas cujo peso se manteve relativamente inalterado. Um ganho de peso de mais de 8 quilos triplicava o risco de a mulher desenvolver a doença.

 

O estudo também verificou que perder mais de três quilos depois do parto podia reduzir para metade o risco de diabetes gestacional, especialmente entre as mulheres que eram obesas. "Os resultados também sugerem que os efeitos do aumento da massa corporal podem ser maiores entre as mulheres de peso normal na sua primeira gravidez, enquanto os efeitos da perda de massa corporal pareceram maiores entre as mulheres obesas ou com o excesso de peso", explicou, em comunicado de imprensa, a líder da investigação, Samantha Ehrlich, da Kaiser Permanente, nos EUA.

 

Os autores do estudo notaram que as mulheres de peso saudável que são diagnosticadas com diabetes gestacional podem ter uma predisposição genética para a doença. Nestes casos, a perda de peso pode não ser tão eficaz na redução do risco de desenvolver a doença numa gravidez posterior.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 2Média: 2
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.