Perda de peso: como nos livramos dos quilos perdidos?

Estudo publicado no “British Medical Journal”

19 dezembro 2014
  |  Partilhar:

Quando se perde peso, a maioria da massa é expirada sobre a forma de dióxido de carbono, dá conta um estudo publicado no “British Medical Journal”.
 

O erro mais comum entre os médicos, dietistas e treinadores pessoais é que a massa perdida é convertida em energia ou calor. Outros acreditam que a gordura é excretada através das fezes ou convertida em músculo. “Há uma surpreendente ignorância e confusão sobre o processo metabólico da perda de peso”, revelou, em comunicado de imprensa, o líder do estudo, Andrew Brown.
 

Os investigadores da Universidade de Nova Gales do Sul, na Austrália, explicam que o excesso de hidratos de carbono e proteínas são convertidos num tipo de gordura, os triglicerídeos. Estes triglicerídeos são constituídos por três tipos de átomos: carbono, hidrogénio e oxigénio. Os triglicerídeos podem ser decompostos através de um processo conhecido por oxidação.
 

Neste estudo, os investigadores demonstraram que quando 10 kg de gordura são oxidados, 8,4 kg são convertidos e excretados sob a forma de dióxido de carbono e o restante em água. De forma a 10 kg de gordura serem oxidados, os investigadores calcularam que é necessária a inalação de 29 kg de oxigénio. Este processo metabólico produz 28 kg de dióxido de carbono e 11 kg de água.
 

Estes resultados sugerem que os pulmões são o principal órgão de excreção da perda de peso e que a água produzida pelo processo de oxidação é eliminada através da urina, fezes, respiração e outros fluidos corporais.
 

De acordo com os autores do estudo, o carbono que é perdido através da expiração é apenas substituído por comida e bebidas como sumos de fruta e leite.
 

O estudo refere ainda que a quantidade de carbono perdida pode ser aumentada através da prática de exercício físico. Ao substituir uma hora de descanso por uma hora de exercício moderado, a taxa metabólica é aumentada sete vezes, removendo 40 g adicionais de carbono do organismo.
 

No entanto, isto pode ser facilmente descompensado com adoção de uma alimentação pouco saudável. A ingestão de apenas um queque fornece, por exemplo, cerca de 20% do total de energia diária necessária.
 

"A atividade física como estratégia de perda de peso é, portanto, facilmente desvanecida por quantidades relativamente pequenas de alimentos. A solução tradicional é comer menos e praticar mais exercício”, concluíram os investigadores.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.