Paternidade pode ajudar a mudar o comportamento do homem

Estudo publicado na revista “Journal of Marriage and Family”

15 novembro 2011
  |  Partilhar:

Depois de serem pais pela primeira vez, os homens mostram reduções significativas no consumo de tabaco e de álcool, e estão menos envolvidos em práticas criminosas, de acordo com um estudo publicado na revista “Journal of Marriage and Family”.

 

No estudo, liderado por David Kerr, da Oregon State University, EUA, foram avaliados anualmente, e durante 19 anos, 200 jovens em situação de risco, a partir da idade de 12 e até aos 31. Os questionários incluíam itens relacionados com a prática criminosa, consumo de tabaco, álcool e cannabis. Os investigadores tinham o intuito de observar como os comportamentos mudavam ao longo do tempo. Enquanto estudos anteriores mostraram que o casamento podia mudar o comportamento negativo de um homem, nunca tinham sido isolados os efeitos adicionais da paternidade.

 

Sabe-se que a idade e a maturidade também estão associadas a uma mudança de estilo de vida. Mas, segundo o autor do estudo, “ao desconsiderar o processo de envelhecimento e a responsabilidade natural, vimos que a paternidade foi um factor independente a contribuir para a diminuição da criminalidade, consumo de álcool e tabaco”.

 

Segundo o estudo, os homens que foram pais aos 20 anos mantinham comportamentos de risco durante mais tempo do que aqueles que tiveram o primeiro filho aos trinta anos. “Os homens que tiveram filhos mais maduros foram capazes de se entregar à paternidade e abandonar hábitos negativos”, aponta o investigador, acrescentando que “a pesquisa sugere que a paternidade pode ser uma experiência transformadora, mesmo para os homens que têm comportamentos de alto risco”.

 

“Há uma oportunidade única de intervir para conseguir uma mudança, porque os pais pela primeira vez parecem estar mais abertos a ouvir mensagens positivas e a tentar mudar o próprio comportamento.”

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 2Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.