Parto com Anestesia Epidural pode dificultar amamentação

Estudo apresentado no International Breastfeeding Journal

28 dezembro 2006
  |  Partilhar:

 

As mulheres que dão à luz com Anestesia Epidural podem ter mais dificuldades em amamentar nos primeiros dias, dado que a analgesia pode provocar sonolência temporária nos bebés, indica um estudo australiano, realizado com quase 1.300 mulheres e publicado no International Breastfeeding Journal.
 

 

Segundo os dados, o número de mulheres que deixa de amamentar durante os seis primeiros meses é duas vezes maior do que as que não foram submetidas a Anestesia.
 

 

A epidemiologista que liderou o estudo, Siranda Torvaldsen, da University of Sydney, explica que 93% das mulheres envolvidas na pesquisa amamentavam na primeira semana. "Mas descobrimos que, num grupo de 1.280 mulheres, aquelas que o faziam apenas de modo parcial ao fim da primeira semana, em geral, receberam Anestesia Epidural", explicou.
 

 

O estudo também revelou que, além de factores específicos, 72% das mães que tiveram parto natural continuavam a amamentar seis meses depois, contra 53% do outro grupo.
 

 

Os autores do estudo explicaram que as substâncias contidas na Anestesia podem provocar uma reacção de sonolência no bebé, dificultando a amamentação nos primeiros dias. "O mais importante é que as mães sejam correctamente informadas e aconselhadas para que saibam que se trata de um fenómeno temporário", declarou Siranda Torvaldsen.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.