Partícula de colesterol influencia memória

Estudo apresentado na Neurology

04 janeiro 2007
  |  Partilhar:

 

Uma variante da CETP (cholesterol-ester transport protein) não apenas ajuda a aumentar a longevidade como também protege a memória, refere um artigo publicado na revista Neurology.
 

 

Segundo os investigadores, da Albert Einstein College of Medicine, de Nova Iorque, a variante identificada do gene torna as partículas maiores do que o normal. Com isso, diminui a propensão para que se agreguem aos vasos sanguíneos, evitando a acumulação de gordura que pode causar Enfarte do Miocárdio ou AVC (Acidente Vascular Cerebral).
 

 

Os cientistas norte-americanos examinaram 158 judeus Ashkenazi, com ascendência familiar de países do leste europeu e média de idade de 99 anos. Os indivíduos com a variante genética apresentaram, em média, duas vezes mais probabilidades de ter boa função cerebral do que os demais. Os testes foram feitos com outros 124 judeus Ashkenazi, de 75 a 85 anos, com resultados semelhantes. "É possível que essa variante também possa proteger contra o desenvolvimento da doença de Alzheimer", afirmou o líder do estudo, Nir Barzilai.
 

 

Os cientistas trabalham agora no desenvolvimento de fármacos que possam simular os efeitos da variante da CETP.
 

 

A CETP actua na regulação dos tamanhos das partículas de colesterol, que influenciam o processo de formação de placas nas artérias.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.