Parlamento reconheceu psoríase como doença crónica

Doentes ficam isentos da taxa moderadora

03 fevereiro 2010
  |  Partilhar:

A psoríase foi reconhecida pelo Parlamento como uma doença crónica, ficando os doentes isentos de pagar taxas moderadoras e passando os medicamentos queratolíticos e antipsoriáticos a ser comparticipados pelo escalão máximo.

 

O reconhecimento da psoríase como doença crónica foi aprovado, na semana passada no Parlamento, com os votos favoráveis de Bloco de Esquerda, Partido Comunista Português, Partido Social Democrático e CDS-Partido Popular e com a abstenção do Partido Socialista, tal como a inclusão dos medicamentos queratolíticos e antipsoriáticos no escalão A (isenção a 95%) e a isenção do pagamento das taxas moderadoras.

 

O Bloco de Esquerda propôs igualmente a isenção do pagamento de taxas moderadoras dos portadores de epilepsia e de doença inflamatória do intestino (colite ulcerosa e doença de Crohn), propostas aprovadas com os votos a favor de BE, PCP, CDS-PP e PSD e com a abstenção do PS.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 1 Comentar

taxas para psoriase

quais sao estes tipos de taxas que o governo aprovou

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.