Parlamento britânico autorizou a clonagem terapêutica
19 dezembro 2000
  |  Partilhar:

O Parlamento britânico aprovou hoje por 366 votos contra 174 a proposta do Governo visando autorizar a clonagem de embriões humanos para fins terapêuticos, um sector de investigação controverso mas promissor para milhões de doentes.
 

 

O Governo trabalhista surpreendeu em Agosto ao anunciar querer autorizar os cientistas a clonar embriões humanos para utilizar as suas células como "peças de substituição", no tratamento de doenças incuráveis como Alzheimer, Parkinson ou Huntington.
 

 

A lei britânica permite desde 1990 a criação de embriões com fins científicos, com um limite de utilização durante 14 dias, e unicamente para solucionar problemas de esterilidade.
 

 

Os parlamentares decidiram alargar esta lei (baptizada de Human Fertilisation and Embriology Act) para autorizar a pesquisa num quadro mais lato.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.