Parafarmácias vão criar associação para deixar de pagar mais pelos medicamentos

Conferência de Imprensa da Cotapharma

29 junho 2006
  |  Partilhar:

 

As parafarmácias queixam-se de pagar mais que as farmácias tradicionais pela aquisição de medicamentos e, por isso, vão unir-se numa associação nacional que terá como principal objectivo a criação de uma empresa distribuidora.
 

 

O anúncio foi feito quinta-feira em Lisboa por responsáveis da Cotapharma, empresa que representa a maior rede nacional de parafarmácias - espaços autorizados a vender todos os produtos farmacêuticos e cosméticos, à excepção dos medicamentos que exijam a apresentação de receita médica.
 

 

Até ao final de Julho a associação terá 30 empresas, "estando previsto que até ao final do ano possa vir a ter 50 associados", disse Rui Santos, presidente do grupo que detém a Cotapharma, o qual acredita que dentro de seis meses a nova entidade estará constituída.
 

 

De acordo com dados apresentados pela Cotapharma, existem actualmente cerca de 180 parafarmácias registadas e autorizadas e a futura associação representará um quarto das empresas do sector. Durante a conferência de imprensa realizada na sede da empresa, os responsáveis da Cotapharma anunciaram ainda que a partir de Julho os pensionistas que recorram às parafarmácias terão um desconto de 10% em todos os produtos.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.