Papa volta a apelar contra a clonagem

Sumo pontífice pede que se evite «qualquer tentação de manipulação do homem»

25 fevereiro 2003
  |  Partilhar:

O Papa João Paulo II reafirmou que a investigação científica «deve evitar qualquer tentação de manipulação do homem», admitindo, no entanto, os benefícios da ciência no domínio médico e no tratamento dos doentes.
 

 

«Renovo um forte apelo para que a investigação científica e biomédica, evitando toda a tentação de manipulação do homem, se dedique ao compromisso de explorar caminhos e recursos que apoiem a vida humana, o tratamento de doenças e a solução de problemas ainda novos no domínio biomédico», disse o Papa durante uma audiência com os membros da Academia pontifical para a vida.
 

 

«Os progressos da medicina no tratamento de doenças depende essencialmente do progresso da investigação. É desta forma que a medicina consegue contribuir de forma decisiva para combater epidemias mortais e enfrentar de forma positiva as doenças», continuou o sumo pontífice.
 

 

«Todos nós, crentes e não crentes, devemos prestar homenagem e exprimir um apoio sincero a este esforço da ciência biomédica», acrescentou João Paulo II, lembrando, no entanto, que a Igreja «apenas apoia a investigação científica orientada de forma verdadeiramente humanista e livre de interesses políticos e económicos».
 

 

O Papa lançou ainda um apelo para que os frutos da investigação científica possam beneficiar os países pobres. «A urgência de atenuar o gravíssimo e inaceitável fosso existente entre países em vias de desenvolvimento e países desenvolvidos na sua capacidade de prosseguir as investigações biomédicas não pára de crescer. Penso em particular no drama da Sida, que afecta gravemente vários países africanos», concluiu o papa.
 

 

O Vaticano opõe-se à clonagem e, na maioria dos casos, à inseminação artificial, assim como ao aborto e à eutanásia.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.