Panitumumab ataca progressão do cancro do cólon

Diabéticos têm risco elevado de desenvolver doença

07 novembro 2005
  |  Partilhar:

 

 

Um fármaco experimental que está a ser desenvolvido por duas farmacêuticas demonstrou no último ensaio conseguir diminuir a progressão do tumor em doentes com cancro do cólon avançado.
 

 

Segundo anunciaram os responsáveis pelo ensaio, a eficácia deste tratamento, o panitumumab, é mais evidente nos doentes que não respondiam a outras terapêuticas. De acordo com os resultados deste ensaio, o panitumumab permite uma diminuição de 33 por cento na progressão do tumor.
 

 

Um outro estudo divulgado pela Sociedade Americana de Gastrenterologia revela que os indivíduos que sofrem de diabetes têm uma maior probabilidade em desenvolver cancro do cólon do que as pessoas que não têm a doença metabólica.
 

 

De acordo com o trabalho, o risco é maior nos diabéticos porque existem receptores de insulina no tecido do cólon e os níveis elevados desta hormona que ataca a mucosa do órgão podem conduzir a alterações que se podem transformar em tumor maligno.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.