Pais fumadores, filhos com três vezes mais risco de contrair cancro

Exposição ao fumo aumenta predisposição para desenvolver doenças

02 fevereiro 2005
  |  Partilhar:

 

 

As crianças expostas ao fumo do tabaco correm três vezes mais ricos de contrair cancro do pulmão na fase adulta do que as que crescem numa família não fumadora, indica um novo estudo científico de origem britânica.
 

 

O trabalho, da autoria de investigadores do Imperial College de Londres e publicado no British Medical Journal, resultou de sete anos de observações da evolução de 123.000 pessoas, todas expostas ao fumo do tabaco durante a infância.
 

 

Os cientistas constataram a existência de uma relação «significativa» entre o cancro do pulmão e os fumadores passivos, pelo que alertam os pais fumadores para o perigo que esse hábito supõe para os filhos.
 

 

Os investigadores também descobriram que os ex-fumadores têm o dobro das possibilidades de contrair doenças respiratórias do que os que nunca fumaram, devido aos danos que a sua exposição ao fumo do tabaco causou aos pulmões.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.