Pais desconhecem Gastroenterite Pediátrica por Rotavírus

Estudo nacional avalia a percepção dos especialistas e pais sobre a doença

04 março 2009
  |  Partilhar:

40% dos pais portugueses desconhecem a Gastroenterite Pediátrica por Rotavírus, uma doença que preocupa mais os pediatras e cujo diagnóstico é muitas vezes subestimado.

 

O “Estudo de Percepções na área das gastroenterites infantis por Rotavírus – visão de Pediatras e Pais” foi levado a cabo pela empresa de estudos de mercado Spirituc e teve como objectivo avaliar a percepção dos especialistas e pais sobre o rotavírus.

 

O estudo foi desenvolvido junto de 502 pessoas, das quais 102 médicos pediatras e 400 pais com filhos até aos seis meses, residentes em Portugal continental.

 

Os dados apresentados revelam também que nove em cada 10 pediatras consideram a vacina como uma medida decisiva no controlo da doença. Da mesma forma, os especialistas em saúde pediátrica defendem que hábitos de higiene, tais como lavar as mãos, podem ajudar na prevenção da infecção.
 

 

Por parte dos pais, o estudo revela que o desconhecimento relativamente à doença é elevado, já que, mesmo entre aqueles que reconhecem a existência da patologia, 45,6% assumem não saber da existência de uma vacina.

 

Segundo a maioria dos pediatras, a vacina é a melhor forma de prevenir a infecção pelo rotavírus, uma das principais causas de hospitalização por gastroenterite aguda na Europa.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.