Pacemakers e desfibriladores cardíacos wirlesse vulneráveis à pirataria informática

Estudo norte-americano lança alerta à indústria

17 março 2008
  |  Partilhar:

Os pacemakers e desfibriladores cardíacos implantados, que passarão a estar equipados com tecnologias sem fios (wirless), são vulneráveis à pirataria informática, tendo consequências potencialmente fatais, alerta um estudo norte-americano.
 

 

Os investigadores demonstraram que os piratas informáticos podem, com a tecnologia sem fios, reprogramar à distância os implantes, sem o conhecimento do doente. Foi também demonstrado ser possível obter informações médicas confidenciais sobre os portadores de pacemakers e desfibriladores.
 

 

“Esperamos que a nossa pesquisa sirva de aviso aos fabricantes destas próteses (…) de modo a assegurar que estes equipamentos sejam seguros, eficazes e protegidos de interferências exteriores”, afirmou Kadayoshi Kohno, professor de ciências informáticas e de engenharia na University of Washington em Seatle, um dos principais autores desta pesquisa.
 

 

A equipa de investigadores inclui o cardiologista William Maisel, da Faculdade de Medicina da Harvard University.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.