Pacemaker gástrico poderá ajudar aqueles que sofrem de distúrbios digestivos

Estudo da Universidade de Gotemburgo

05 abril 2010
  |  Partilhar:

Um pacemaker que estimula electricamente o estômago pode ajudar a controlar o vómito crónico em indivíduos que sofrem de distúrbios gástricos severos, revela um estudo realizado na Universidade de Gotemburgo, na Suécia.

 

A gastroparesia é um tipo de distúrbio do estômago que pode causar vómitos e náuseas e que é caracterizado pelo atraso do esvaziamento gástrico devido a alteração de mobilidade gástrica na ausência de obstrução mecânica. Esta é uma doença que ser causada por diabetes mellitus ou por uma cirurgia gástrica.

 

Para este estudo, os investigadores suecos começaram por testar a estimulação eléctrica temporária do estômago de 27 pacientes e constataram que 22 deles apresentaram menos sintomas de náuseas e vómitos, entre outros. Face a estes resultados, os investigadores implantaram permanentemente no estômago de 20 pacientes um pacemaker, tendo obtido bons resultados a longo prazo em cerca de 90% dos pacientes.

 

Num outro estudo, que envolveu a participação de 16 indivíduos, os investigadores constataram que a estimulação eléctrica do estômago conduziu a uma diminuição nos dias de internamento no ano consequente ao tratamento.

 

Os investigadores acreditam que a estimulação eléctrica não afecta o estômago localmente, mas que activa as vias neuronais envolvidas no controlo da náusea e do vómito.

 

Os pacemakers gástricos já estão a ser utilizados em alguns pacientes com diabetes que sofrem de vómitos graves. Estas novas descobertas sugerem que o pacemaker gástrico pode ser eficaz em pacientes com outros distúrbios gastrointestinais de difícil tratamento.

 

Em comunicado de imprensa, uma das investigadoras envolvidas no estudo, Stina Andersson, revelou que “este tratamento poderá resultar nos pacientes que sofrem de náusea intratável após quimioterapia ou na náusea extrema sentida durante a gravidez”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.