Ozono perigoso para crianças

Gás provoca problemas mesmo abaixo dos níveis permitidos

09 outubro 2003
  |  Partilhar:

As crianças que sofrem de asma na sua forma aguda correm maior risco de desenvolver os sintomas desta doença e têm necessidade de aumentar a medicação quando expostas ao ozono, mesmo que os níveis deste gás se encontrem abaixo dos valores recomendados pelas agências sanitárias, revela um estudo desenvolvido por médicos da Universidade de Yale, nos EUA.
 

 

Além de se encontrar na atmosfera terrestre, protegendo-nos das radiações ultravioletas, o ozono pode-se formar também na superfície terrestre, devido a reacções químicas originadas pela poluição automóvel e industrial e potenciadas pelos dias de calor. Quando inspirado, este gás provoca uma reacção no tecido pulmonar que pode dar origem a complicações respiratórias, pelo que as autoridades sanitárias recomendam que não se ultrapassem certos limites.
 

 

O estudo norte-americano, publicado na revista Journal of the American Medical Association, incidiu sobre 271 crianças asmáticas e foi realizado entre Abril e Setembro de 2001. As conclusões defendem que «o nível de ozono, e não o das partículas em suspensão, foi significativamente associado aos sintomas respiratórios e à necessidade de medicação dessas crianças».
 

 

Segundo os autores, quanto maiores os níveis de ozono maiores as dificuldades respiratórias, mas mesmo quando os níveis estão abaixo do recomendado «as crianças com asma correm um maior risco de experimentar» estes problemas. Outros sintomas provocados pelo ozono incluem dores de garganta e irritação dos olhos, nariz e garganta, fazendo com que aumente a necessidade de tomar medicamentos para a asma.
 

 

O editorial da revista onde o estudo foi publicado reconhece a dificuldade de evitar a contaminação do ar nos grandes centros urbanos e aconselha os doentes a não saírem de casa nos dias de maior poluição, recomendando que as pessoas se informem antes sobre as condições climatéricas.
 

 

Fonte: Diário Digital
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.