Ovários congelados no combate à infertilidade

Cientistas apresentam dados da primeira experiência em ovelhas

26 outubro 2005
  |  Partilhar:

 

Cientistas israelitas conseguiram, pela primeira vez, produzir embriões a partir de ovários que foram transplantados, depois de terem sido congelados. Segundo explicam os investigadores, que realizaram a experiência em ovelhas, os óvulos obtidos a partir de dois desses ovários tinham viabilidade e permitiram a produção de embriões.
 

 

Os investigadores extraíram os ovários direitos de oito ovelhas e congelaram-nos para reimplantá-los duas semanas depois. Cinco dos oito transplantes foram satisfatórios, segundo os cientistas, o fluxo sanguíneo foi rapidamente retomado.
 

 

Dois dos ovários transplantados produziram um óvulo cada um, enquanto que um outro, estimulado artificialmente, produziu quatro em quatro meses. Os seis conseguidos foram então estimulados com produtos químicos e conseguiram desenvolver embriões sem fertilização, um processo chamado partenogénese. Dois anos mais tarde, um exame de ressonância magnética em uma das ovelhas demonstrou que o ovário transplantado continuava a funcionar normalmente.
 

 

No artigo publicado no jornal Human Production, os autores defendem que este procedimento poderá, um dia, ser viável também no ser humano. Amir Arav, líder do projecto, garantiu à revista que a experiência "poderia revolucionar o campo da crio-conservação (preservação mediante congelamento) para diversas aplicações em humanos, como o transplante de órgãos ou para ajudar mulheres que enfrentam a perda da fertilidade".
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.