Osteoporose pode aumentar o risco de vertigens

Estudo publicado no “Neurology”

29 março 2009
  |  Partilhar:

As pessoas que sofrem de osteoporose têm mais propensão a terem vertigens do que as pessoas que têm uma densidade óssea normal, revela um estudo publicado na revista científica “Neurology”.

 

Os investigadores da Seoul National University College of Medicine, na Coreia do Sul, contaram com a participação de 209 pessoas que tinham vertigem posicional no estado inicial, sem causas conhecidas, e de 202 pessoas que não tinham história de vertigem posicional.

 

Comparados com os que tinham uma densidade óssea normal, os participantes com osteoporose tinham uma probabilidade três vezes aumentada de terem vertigens. Por seu turno, os que tinham osteopenia, fase anterior à osteoporose, apresentavam uma probabilidade duas vezes aumentada de terem vertigens.

 

Entre as mulheres, 25% das que sofriam de vertigens tinham osteoporose, enquanto apenas 9% das mulheres com osteoporose não sofriam de vertigens. Por outro lado, 47% das mulheres que sofriam de vertigens tinham osteopenia e 33% das mulheres que tinham osteopenia não tinham vertigens.

 

Relativamente aos homens, 12% dos que tinham vertigens tinham osteoporose e 6% dos homens tinham osteoporose mas não sofriam de vertigens. Por seu turno, 40% dos homens que tinham vertigens tinham também osteopenia, enquanto 27% dos homens que tinham osteopenia não sofriam de vertigens.

 

De acordo com o Ji Soo Kim, líder da investigação, estes resultados sugerem que as pessoas que sofrem de vertigens têm problemas ao nível do metabolismo do cálcio.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.