Osteoporose é causa de fracturas da anca em mais de 9.500 doentes

Alerta reforçado no Congresso Nacional sobre Fracturas Osteoporóticas

04 dezembro 2009
  |  Partilhar:

Mais de 9.500 doentes sofrem anualmente fracturas da anca devido a osteoporose, mas apenas 10% recebem medicação para a doença, alertou o presidente do 1.º Congresso Nacional sobre Fracturas Osteoporóticas, que decorreu recentemente em Lisboa.

 

"A prevenção de novas fracturas tem que ser uma prioridade para todos os profissionais de saúde, desde os ortopedistas, os reumatologistas e até aos médicos de família, que seguem de perto estes doentes após uma fractura", explicou, em comunicado de imprensa, Paulo Felicíssimo, coordenador do Serviço de Ortopedia do Hospital Fernando da Fonseca e presidente do Colégio de Ortopedia da Ordem dos Médicos.

 

O especialista salientou que "a osteoporose não desaparece com a ocorrência de uma fractura, um doente com osteoporose continua a precisar de tratar a doença".

 

"Hoje já existem tratamentos indicados para a osteoporose pós-fractura que previnem a ocorrência de uma segunda fractura e todas as consequências económicas e sociais que esta situação implica", acrescentou Paulo Felicíssimo.

 

Dos 9.500 doentes com osteoporose que fracturam a anca anualmente, entre 10 a 20% acabam por morrer no ano após a fractura.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.