Os premiados Nobel 2000 de Medicina e Fisiologia foram anunciados
08 outubro 2000
  |  Partilhar:

O Prémio Nobel em Medicina e Fisiologia foi atribuído hoje a três investigadores: Arvid Carlsson, do departamento de Farmacologia da Universidade de Gotemburgo, Paul Greengard, do Departamento de Biologia Molecular e Ciência Celular da Universidade de Rochefeller em Nova Iorque, e Eric Kandel, do centro de Neurobiologia e Comportamento da Universidade de Columbia em Nova Iorque, pelos seus trabalhos em transdução do sinal no sistema nervoso.
 

 

O cérebro humano contém biliões de neurónios, interligados através de uma complexa rede de terminais. As mensagens são transmitidas de um neurónio para outro através de transmissores químicos designados neurotransmissores. A transdução do sinal dá-se nos pontos de contacto entre neurónios. Esses locais de transmissão do sinal são designados sinapses.
 

 

Estes três investigadores deram importantes contribuições no domínio da chamada transmissão sináptica lenta. As suas descobertas permitiram compreender melhor como funciona o cérebro e como perturbações na transdução do sinal podem conduzir a doenças neurológicas e psiquiátricas. Além disso, estas descobertas resultaram no desenvolvimento de novos medicamentos, nomeadamente os utilizados no tratamento da doença de Parkinson.
 

 

Avid Carlsson descobriu que a dopamina é um neurotransmissor e que esta molécula é importante no controle dos movimentos, levando à descoberta do seu envolvimento na doença de Parkinson. Na sequência destes trabalhos, a L-Dopa começou a ser utilizada no tratamento daquela doença. Este investigador demonstrou ainda o modo de funcionamento de alguns medicamentos utilizados no tratamento da esquizofrenia.
 

 

Paul Greengard, foi galardoado pelas suas demonstrações de como funciona a dopamina e outros neurotransmissores. Este autor, mostrou que a dopamina actua primeiro sobre um receptor na superfície celular. Em seguida, uma série de proteínas são modificadas, nomeadamente através da adição e remoção de grupos fosfato. A presença ou ausência destes grupos fosfato altera a sua forma e função e é assim que o sinal é transmitido através de uma sucessão de moléculas.
 

 

Eric Kandel foi galardoado pelas suas demonstrações de como a eficácia das sinapses pode ser modificada e de que a sinapse tem um papel central na aprendizagem e na memória. As fosforilação (adição de grupos fosfato) e a síntese de novas proteínas parecem ser importantes na memória a curto e a longo prazo, respectivamente.
 

 

Prof. Doutor M. Jorge Guimarães
 

MNI- Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.