Os poderes do suor masculino...

Transpiração dos homens melhora estado de espírito das mulheres

20 março 2003
  |  Partilhar:

Se é homem, e costuma transpirar com facilidade, fique a saber que a sudação pode ser a chave do sucesso sexual. De acordo com um estudo de biologia humana divulgado recentemente, o suor tem um efeito surpreendentemente benéfico no humor das mulheres.
 

 

Biólogos da Universidade da Pensilvânia disseram que descobriram que os odores tipicamente masculinos ajudam a reduzir o stress, induzem o relaxamento e até afectam o ciclo menstrual.
 

 

«Este facto sugere que muitas coisas acontecem em locais sociais, como por exemplo bares, sem que os olhos percebam», explicou à Reuters Charles Wysocki, professor adjunto de biologia animal da Escola de Medicina Veterinária da universidade.
 

 

No estudo publicado pela revisa «Biologia da Reprodução», os investigadores explicaram os procedimentos que levaram à curiosa descoberta. Numa primeira fase, recolheram amostras das axilas de homens que se prontificaram a não usar desodorante durante quatro semanas. As amostras foram misturadas e aplicadas na região acima dos lábios, ou seja, por baixo do nariz, de 18 mulheres com idades entre os 25 e 45 anos de idade.
 

 

As mulheres classificaram o seu estado de espírito por um período de seis horas. Os resultados sugerem que algo na transpiração masculina produz efeitos no humor feminino, tendo até ajudado as mulheres que se sentiam mais tensas a relaxar. Análises de sangue também mostraram um aumento no nível da hormona reprodutiva que normalmente surge antes da ovulação.
 

 

Wysocki, co-autor do estudo, disse que o estudo pode apontar para um subtexto de «comunicação química» entre os sexos que permite aos homens e às mulheres coordenar esforços reprodutivos de maneira subconsciente.
 

 

No entanto, não existiu nenhum sinal de que as mulheres sejam incentivadas sexualmente pelo suor masculino. Na verdade, as mulheres nem suspeitavam que tinham suor masculino mesmo por baixo do nariz. Isto porque, os investigadores recrutaram voluntárias para ajudarem a testar álcool, perfume ou cera para pavimentos. « O estudo foi realizado num ambiente bem esterilizado. Não é estranho que nem lhes passasse pela cabeça assuntos do foro sexual», explicou Wysocki.
 

 

No entanto, acrescentou o investigador, «em ambientes mais sensuais, a exposição a estes odores pode facilitar o surgimento de temperamento sexual ou sentimentos.»
 

Financiado pelo Instituto Nacional de Saúde dos EUA, os cientistas disseram que o estudo pode levar a novas terapias de fertilidade e tratamentos para a síndrome pré-menstrual se o agente activo da transpiração masculina for isolado.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.