Os monitores de computador podem ser prejudiciais à saúde

Saiba de um químico que também existe em vernizes, lubrificantes, materiais plásticos e televisores. Não perca! Está ao seu alcance saber...

23 setembro 2000
  |  Partilhar:

Os novos monitores emitem menos radiações do que os anteriores mas, em mais de metade dos casos dos modelos à venda, estão tratados com um químico anti-incêndio que é libertado para o ambiente devido ao aquecimento, provocado pelo uso, do ecrã.
 

 

Este químico— trifenil fosfato—, provoca reacções alérgicas.
 

 

Ao fim de um dia de utilização, a temperatura do monitor aumenta a níveis que causam a libertação do químico protector dissolvido na sua camada externa.
 

 

Os níveis são especialmente altos durante a primeira semana de utilização do monitor mas, mesmo depois de dois anos de uso, os níveis permanecem 10 vezes mais altos na zona respirável diante do computador do que no resto da área circundante.
 

 

Este químico também existe em vernizes, lubrificantes, materiais plásticos e televisores.
 

 

Recomenda-se, portanto, que um monitor de computador seja ligado durante 10 dias antes de ser utilizado.
 

 

Fonte: Reuters

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.