Orgasmo feminino determinado em parte pelos genes

Estudo questiona factores psicológicos e sociais

15 junho 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

A capacidade das mulheres atingirem o orgasmo é em parte determinada pelos genes, indica um estudo britânico que põe em causa a importância do envolvimento de factores psicológicos ou culturais no processo.
 

 

Numerosas investigações têm posto em evidência a dificuldade de muitas mulheres atingirem o orgasmo, mas as causas continuam a ser pouco conhecidas, ao contrário das dificuldades sexuais masculinas, muito mais estudadas.
 

 

Uma equipa de investigadores britânicos avança agora com a pista genética, depois de ter estudado mais de três mil respostas a um questionário sobre este assunto enviado a mulheres gémeas.
 

 

Para definir a existência ou não de um factor genético, os investigadores isolaram dois grupos, um composto por gémeas idênticas (detentoras de um património genético rigorosamente igual) e o outro por falsas gémeas (com apenas 50 por cento de genes em comum).
 

 

As respostas ao questionário foram claramente diferentes nos dois grupos, provando estar em causa um factor genético, pelo menos em parte - considera a equipa dirigida por Tim Spector, da unidade de Epidemiologia Genética e de Investigação Gemelar do Hospital de St. Thomas de Londres.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.