Ordem nas urgências do Santa Maria

Hospital vai passar a ser assegurado por equipas exclusivas

28 julho 2002
  |  Partilhar:

A urgência do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, vai passar a ser assegurada por equipas exclusivas que, durante um período de tempo ainda por estabelecer, garantirão o atendimento das cerca de 700 pessoas que diariamente ali afluem.
 

 

A novidade, avançada pelo director clínico deste hospital, Correia da Cunha, não fica por aqui. O novo modelo de urgências, sobre o qual o ministro da Saúde e a direcção do hospital irão debruçar-se hoje, irá aplicar o Protocolo de Manchester na triagem dos doentes.
 

 

O protocolo identifica a prioridade clínica do doente e define o tempo recomendado até à sua observação pelo médico. Ou seja, consoante a gravidade do caso que leva o doente ao hospital, assim será o tempo que terá de esperar para ser atendido. O método visa definir com clareza e uma metodologia científica a prioridade a estabelecer aos doentes que chegam à urgência.
 

 

Para Correia da Cunha, o importante em mudanças como esta é que o sistema a adoptar "seja sustentável". Daí que os grupos de profissionais que passarão a assegurar as urgências no Hospital de Santa Maria não fiquem, à partida, vinculados definitivamente a este serviço, o que conduziria a "um grande desgaste".
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.