Ordem dos Médicos quer debate sobre início da vida

Declarações de Pedro Nunes

19 janeiro 2006
  |  Partilhar:

 

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) defendeu esta semana um debate sobre o início da vida e opôs-se à investigação em embriões excedentários se ficar definido que a vida começa no embrião.
 

 

Pedro Nunes falava à Lusa no final de uma ida à Assembleia da República onde partilhou com os deputados da Comissão de Saúde a posição da OM sobre a Procriação Medicamente Assistida (PMA). Encontram-se no Parlamento quatro projectos de lei com vista à regulamentação desta técnica que se pratica há 20 anos em Portugal.
 

 

O contributo da OM privilegia os aspectos particulares da Ética Médica e, sobre a PMA, este organismo concorda com esta prática, "enquanto se tratar de um acto terapêutico de uma patologia", ou seja infertilidade.
 

 

Em relação à fertilização com óvulos ou esperma de dadores, a OM considera que, "em termos éticos, a proveniência dos gâmetas é indiferente". Desde que nunca sejam comercializados. Sobre o acesso de mães solteiras, viúvas ou divorciadas à PMA, a Ordem não manifesta qualquer oposição.
 

 

Para a OM, a fertilização dos óvulos é "um problema predominantemente técnico", em que "o objectivo óbvio é o de fertilizar tantos óvulos quantos os seres humanos que se pretende venham a existir". Contudo, a OM é completamente oposta "a que se produzam embriões que não tenham o fim específico de serem implantados e darem origem a seres humanos". Sobre a investigação em embriões, a OM defende um debate que defina quando é que começa a vida. Se for estabelecido que o embrião é vida humana, então consideram que "nenhum embrião é excedentário, já que nenhuma vida é excedentária, inútil ou perniciosa e como tal dispensável".
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.