Ordem dos Farmacêuticos defende receita médica renovável

Nova prescrição médica discutiva no Parlamento

17 junho 2002
  |  Partilhar:

A Ordem dos Farmacêuticos vai discutir hoje, terça-feira, no Parlamento a criação da receita médica renovável, uma medida que diz poder ser útil para medicamentos destinados a determinadas doenças ou tratamentos prolongados que possam ser adquiridos mais do que uma vez sem necessidade de nova prescrição médica.
 

 

A Ordem considera que a possibilidade de aviar receitas médicas mais do que uma vez poderá evitar a necessidade dos doentes terem de recorrer a uma consulta médica para obter os mesmos medicamentos.
 

 

A proposta vai ser discutida na terça-feira na Comissão Parlamentar de Trabalho e dos Assuntos Sociais. Em apreciação estarão também os medicamentos de utilização restrita, o sistema de comparticipação e os medicamentos genéricos. Estes assuntos inserem-se na Política do Medicamento e a Acessibilidade dos Doentes aos Medicamentos.
 

 

Fonte: Diário Digital
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.