Ondas de calor vão aumentar nos próximos anos
14 agosto 2004
  |  Partilhar:

As ondas de calor na América do Norte e Europa serão mais tórridas e prolongadas no século XXI, segundo um estudo do Centro Nacional de Investigações Atmosféricas dos Estados Unidos, publicado na última edição da revista semanal Science.Nos Estados Unidos, o calor estival vai sentir-se com mais intensidade nas regiões oeste e sul do país, diz o estudo, financiado pela Academia Nacional das Ciências e pelo Departamento de Energia.A investigação centrou-se nas cidades de Chicago e Paris, que nos últimos nove anos sofreram fortes ondas de calor nos períodos de Verão. Calcula-se que cerca de 15 mil pessoas, a maioria idosos e crianças, morreram em França no ano passado, e 700 em Chicago entre os dias 14 e 21 de Julho de 1995.O modelo mostrou que um aumento dos gases de efeito estufa, que absorvem calor, intensifica um padrão de circulação atmosférica que já foi observado nos dias de mais calor na Europa e na América do Norte. Ao acentuarem-se, desenvolvem-se ondas de calor na região do Mediterrâneo e no sul e oeste dos Estados Unidos. Este calor também é mais intenso em alguns pontos da França, Alemanha e Balcãs.O modelo indicou que as ondas de calor em Chicago aumentarão cerca de 25 por cento no século XXI e em Paris subirão 31 por cento. O estudo refere ainda que as ondas de calor em Chicago, que duram entre 5,39 a 8,85 dias, aumentarão para 8,5 a 9,2 dias. Em Paris, as ondas de calor oscilam entre os 8,33 e os 12,69 dias de duração, prevendo-se que aumentem até aos 17,04 dias.Em Portugal, em Julho passado, uma onda de calor colocou em alerta laranja quatro distritos, que atingiram temperaturas superiores a 40 graus, e em alerta amarelo onze.Num Plano de Contingência para Ondas de Calor, apresentado em Maio pelo Governo, foram estabelecidos quatro níveis: azul (normal), amarelo (previsíveis efeitos na saúde), laranja (onda de calor) e vermelho (onda de calor grave).Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.