Oncologia: Estudo analisou resposta à doença em 19 países europeus

Em Portugal nem todos os doentes são tratados com terapias mais recentes

10 outubro 2005
  |  Partilhar:

 

Um doente com cancro em Espanha ou na Áustria tem muito mais probabilidade de ser tratado com medicamentos inovadores do que um doente no Reino Unido ou na Noruega, revela um estudo divulgado na semana passada.
 

 

Em Portugal, apesar de o acesso à inovação ser relativamente rápido, a falta de verbas não permite que todos os doentes sejam tratados com as terapias mais recentes.
 

 

Este é o resultado de um estudo feito pelo Instituto Karolinska e da Faculdade de Economia de Estocolmo, o qual analisou a situação em 19 países, incluindo Portugal, representando 447 milhões de europeus.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.