OMS diz que testes para detectar tuberculose não são fiáveis
20 julho 2011
  |  Partilhar:

Os testes sanguíneos para detectar a tuberculose são “perigosos” para os doentes porque não são fiáveis e podem produzir resultados errados, alertou a Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

A agência para a saúde das Nações Unidas disse que vai emitir uma recomendação sem precedentes contra a utilização destes testes para detectar a infecção pulmonar que afecta 14 milhões de pessoas em todo o mundo.

 

De acordo com os especialistas, cerca de um terço da população mundial é portadora da bactéria que provoca a tuberculose (TB).

 

“Os testes não são fiáveis e significam uma perda de dinheiro e de tempo, colocando em risco os cuidados que devem ser efectuados”, afirmou Mário Raviglione, director do departamento “Fim à TB” da OMS.

 

As recomendações da agência da ONU deverão ser divulgadas no final da semana.

 

A agência noticiosa norte-americana AP sublinha que, pela primeira vez, a OMS emitiu um parecer “negativo” e onde aconselha especificamente contra a utilização de um método particular para diagnosticar uma doença.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.