OMS alerta para riscos de epidemia de Leishmaniose em Cabul
05 maio 2002
  |  Partilhar:

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou para o
 

risco de a capital afegã se confrontar em breve com uma epidemia de Leishmaniose, uma doença da pele já contraída por cerca de 100.000 pessoas apenas em Cabul.
 

 

Esta doença de pele é provocada por um parasita e
 

transmitida pela mosca das areias, explicou a porta-voz da
 

organização, Loretta Hieber Giradet.
 

 

As picadas desse insecto três vezes mais pequeno que um
 

mosquito provocam graves lesões cutâneas, que deixam importantes cicatrizes. "Não é uma doença mortal, mas estamos muito inquietos, dado que, com o movimento das populações para as zonas urbanas, é provável que a doença se propague", acrescentou a porta-voz.
 

 

A OMS adverte que os recursos médicos para combater a
 

doença são "muito limitados", sublinhando existir medicamentos para assistir cerca de 70.000 casos.
 

 

Segundo a OMS, as cidades de Mazar-i-Sharif (norte) e
 

Kandahar (sudeste) estão igualmente afectadas.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.