Olheiras são potenciadas no Inverno

Estudo apresentado no jornal “Telegraph”

21 dezembro 2011
  |  Partilhar:

Uma equipa de cientistas estudou os olhos de cinco mil mulheres ao longo das estações do ano e concluiu que as olheiras eram significativamente mais escuras durante os meses mais frios. A conclusão foi publicada na sequência de um estudo clínico do laboratório norte-americano Adonia Organics durante a fase de desenvolvimento de um creme de tratamento.

 

Os investigadores concluíram que o processo de envelhecimento é causado pela falta de luz solar, que deixa a pele mais pálida e realça a área que contorna os olhos. Isso é agravado pelo menor nível de vitamina D no organismo durante o Inverno, já que captamos a vitamina através da luz solar, e de menos serotonina no organismo.

 

“Quando alguém tem olheiras, é difícil revertê-las. A falta das vitaminas D e K favorece o aparecimento das temíveis marcas sob os olhos, que podem aumentar a aparência de uma mulher em 4,7 anos. Depois dos 40, a situação piora, dado que as olheiras podem envelhecer a aparência em mais de 10%”, explicou ao jornal “Telegraph”, um dos membros da investigação, Mark Binette.

 

As olheiras são um dos problemas de pele mais comuns, muitas vezes causados pela ruptura de minúsculos capilares por baixo da superfície da pele. Como o sangue começa a oxidar, transforma-se numa cor azul escura semelhante a um hematoma.

 

A pele fina sob os olhos permite o aparecimento das olheiras e a aparência de inchaço. Isso torna-se mais evidente no Inverno, quando a pele está mais clara devido à falta de sol e do bronzeado.

 

No Verão as olheiras são mais fáceis de esconder, dado que a pele está bronzeada e menos cansada. Além disso, durante o Verão, temos maiores níveis de serotonina, o que melhora o nosso humor.

 

O estudo verificou que 82% das mulheres tinham olheiras e olhos inchados no Inverno, contra apenas 38% no Verão. A investigação foi realizada com mulheres com idades entre os 27 e 60 e os resultados foram consistentes em toda a linha.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.