Óleos essenciais podem aliviar síndrome pré-menstrual

Estudo publicado na revista “Reproductive Health"

20 janeiro 2011
  |  Partilhar:

Um comprimido que contém uma mistura de óleos essenciais reduz significativamente os sintomas da síndrome pré-menstrual (SPM), de acordo com um estudo realizado pela Universidade Federal de Pernambuco, no Brasil, publicado na revista “Reproductive Health".

 

Para o estudo, os cientistas avaliaram a eficácia do fármaco em ensaios clínicos realizados com 120 mulheres. Em comunicado, Edilberto Rocha Filho, líder do estudo, explicou que "a administração de 1 ou 2 gramas de ácidos gordos essenciais em pacientes com SPM resultou numa redução significativa da severidade dos sintomas. Além disso, a administração dos suplementos dietéticos não provocou alterações dos níveis de colesterol total nas pacientes avaliadas."

 

As mulheres que tomaram cápsulas que continham 2 gramas de uma combinação de ácido gama-linolénico, ácido oléico, ácido linoléico, outros ácidos gordos polinsaturados e vitamina E afirmaram sentir um alívio dos sintomas da SPM nos três a seis meses após o início do tratamento.

 

Os autores relataram poucos efeitos adversos e, mesmo estes, foram leves, insignificantes e não apareciam estar associados directamente com a medicação.

 

O autor destacou ainda, em comunicado, que "os efeitos negativos da SPM sobre as actividades diárias de uma mulher e sobre a sua qualidade de vida podem ser significativos, assim como o impacto sobre os custos económicos, principalmente, os relacionados com a redução da produtividade. Por isso, pode dizer-se que as cápsulas de óleos essenciais são uma grande promessa como um tratamento."

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.