Oito minutos de exercício intenso por semana podem evitar doenças

Estudo da Edinburgh's Heriot-Watt University

30 janeiro 2009
  |  Partilhar:

Um novo estudo da Edinburgh's Heriot-Watt University mostra que apenas 30 segundos de prática intensa de exercício físico ao longo de quatro minutos, duas vezes por semana, podem diminuir significativamente as probabilidades de desenvolver diabetes e doenças cardiovasculares.
 

 

O estudo teve por base a análise do metabolismo de 25 voluntários do sexo masculino, com mais de 18 anos e com vidas sedentárias, após treino intensivo realizado em bicicleta estática.
 

 

Em entrevista ao jornal escocês “The Herald” (28/01/2008), James Timmons, líder da investigação, explica que os resultados do estudo revelaram que a prática de exercício físico intenso, por apenas 30 segundos, perfazendo um total de quatro minutos, duas vezes por semana, melhora “de forma drástica o metabolismo em apenas duas semanas”.
 

 

Os cientistas verificaram que, após as sessões de treino, os voluntários processavam mais rapidamente a bebida açucarada, tendo sido registado um aumento médio de 23% da função da insulina. Em dois indivíduos, o aumento rondou os 35%.
 

 

A insulina é responsável pela absorção da glicose. Sem ela, a glicose acumula-se na corrente sanguínea e pode conduzir a doenças cardíacas e diabetes.
 

 

Timmons reconheceu que a prática regular de actividades físicas reduz o risco de muitas doenças, mas afirmou que os actuais programas de exercício físico precisam de ser reavaliados. "Esta nova perspectiva pode ajudar as pessoas a terem uma vida mais saudável. Além disso, ela representa uma economia para o sistema de saúde", explicou o especialista.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.