Oftalmologista José Cunha-Vaz agraciado com prémio europeu

Galardão distingue carreira científica

13 junho 2007
  |  Partilhar:

 

O director do serviço de Oftalmologia dos Hospitais da Universidade de Coimbra, José Cunha-Vaz, recebeu na semana passada na Áustria, o prémio da Sociedade Europeia de Oftalmologia que distingue uma carreira científica e é atribuído a cada quatro anos.
 

 

José Cunha-Vaz, de 68 anos, é ainda presidente do Instituto Biomédico de Investigação da Luz e Imagem e coordenador da Rede Europeia de Centros de Excelência de Ensaios Clínicos do Instituto Europeu da Visão.
 

 

Segundo uma nota do Ministério da Ciência, Cunha-Vaz recebeu o prémio em Viena, Áustria, onde decorreu o Congresso da Sociedade Europeia de Oftalmologia.
 

 

O cientista português anunciou nesse congresso um novo método que contribui para o diagnóstico precoce da Degenerescência Neovascular Macular Relacionada com a Idade, um problema responsável por perda visual grave e que é a principal causa de cegueira nos doentes com mais de 50 anos de idade na maioria dos países desenvolvidos.
 

 

As pessoas de pele e olhos claros são geralmente mais sujeitos a este problema, que actualmente tem vários tipos de tratamento, e que surge como parte do processo natural de envelhecimento do corpo.
 

 

MNI- Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.