Obesos vão ter direito a dois lugares pelo preço de um nos aviões do Canadá
22 fevereiro 2002
  |  Partilhar:

As pessoas obesas poderão em breve beneficiar de um lugar
 

suplementar gratuito quando apanharem um avião no Canadá, em
 

consequência de uma decisão judicial sem precedentes no mundo que
 

está a inquietar ao mais alto nível a indústria aérea.
 

 

A decisão encheu de alegria Linda Mckay-Panos, uma mulher
 

obesa que em 1997 se viu obrigada a pagar uma vez e meia o preço
 

normal de um bilhete para obter um lugar de primeira classe
 

adequado às suas medidas num voo da "Air Canada".
 

 

Sentindo-se vítima de discriminação, Linda Mckay-Panos
 

apresentou queixa junto da entidade de transportes do Canadá
 

(OTC).
 

 

A entidade, por seu lado, deliberou finalmente que uma
 

pessoa obesa terá os mesmos direitos de um inválido, competindo à companhia a obrigação de a fazer viajar confortavelmente pelo mesmo preço que os restantes passageiros.
 

 

O OTC vai agora decidir se a "Air Canada" deve ou não
 

pagar uma indemnização a Linda Mckay-Panos.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.