Obesos são mais propensos à indigestão
10 dezembro 2001
  |  Partilhar:

De acordo com a equipa de investigação dirigida por Christopher G. Streets, do Princess Margaret Hospital, em Swindon (Reino Unido), as pessoas obesas podem ser mais propensas à indigestão.
 

 

Segundo estes especialistas, «os pacientes com peso excessivo têm mais episódios de refluxo gástrico», o que, segundo o coordenador deste trabalho, sugere um novo outro efeito adverso da obesidade.
 

 

Streets e seus colaboradores acompanharam doentes com a doença do refluxo gastroesofágico. O refluxo gastroesofágico ocorre quando o conteúdo estomacal ácido sobem ao esófago provocando a sensação que todos conhecem como azia.
 

 

Já há muito tempo se suspeitava que a obesidade poderia ter uma forte influência na ocorrência do refluxo gastroesofágico. De acordo com os autores deste estudo, a obesidade pode ser a causa do funcionamento anormal do esfíncter esofágico inferior, membrana que separa o estômago do esófago.
 

 

No conjunto de doentes estudados pelos investigadores, os cientistas encontraram uma correlação entre o índice de massa corporal e a ocorrência de refluxo gastroesofágico. Segundo as conclusões do estudo, o excesso de tecido adiposo na região abdominal superior poderá ser responsável pela incapacidade do esfíncter esofágico inferior funcionar adequadamente.
 

 

Segundo Streets, além do tecido adiposo distribuído pelo abdómen superior poder estar na origem de alterações na pressão exercida sobre o conteúdo estomacal, as pessoas obesas podem apresentar depósitos de gordura no interior do esfíncter ou nos tecidos adjacentes.
 

 

De acordo com as conclusões relatadas no artigo publicado na revista científica Archives of Surgery, o refluxo gastroesofágico não resulta de anomalias no esfíncter esofágico inferior mas provavelmente do meio que o envolve.
 

 

Joaquina Pereira
 

MNI - Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.