Obesos mas felizes

Estudo publicado na revista “Molecular Psychiatry”

23 novembro 2012
  |  Partilhar:

O gene FTO que está intimamente associado à obesidade também está envolvido na redução do risco de depressão, sugere um estudo publicado na revista “Molecular Psychiatry”.
 

O estudo refere que ensaios anteriores que envolveram gémeos, irmãos e irmãs constataram que os fatores genéticos contribuíam com cerca de 40% para o desenvolvimento da depressão. Contudo, os estudos que tentaram encontrar uma associação entre os genes e a depressão não tiverem sucesso, surpreendentemente, e não encontraram, segundo um dos autores do estudo Zena Samaan, nenhuma evidência que sugerisse uma possível ligação.
 

Os investigadores deste estudo discordam da ideia que defende que a obesidade está associada à depressão. É comum pensar-se que a obesidade conduz à depressão, pois as pessoas ficam descontentes com o seu aspeto exterior.
 

Por outro lado, muitas pessoas acreditam que os indivíduos deprimidos acabam por ficar obesos, pois são menos ativos ou comem indiferenciadamente devido à depressão e consequentemente aumentam de peso.
 

Um dos autores do estudo, David Meyre, explicou que tentaram nesta investigação adotar um caminho diferente, partindo da hipótese que tanto a depressão como a obesidade interagem com a atividade cerebral. “Colocamos a hipótese de os genes da obesidade estarem associados à depressão”, acrescentou.
 

De forma a testar esta hipótese os investigadores analisaram 17.200 amostras de ADN provenientes de indivíduos de 21 países diferentes. O estudo apurou que o gene FTO diminuía o risco de desenvolvimento de depressão em 8%. Esta associação foi comprovada em quatro estudos distintos.
 

Os investigadores concluem que este foi o primeiro estudo a demonstrar a associação entre o gene da obesidade, o FTO, e defesa contra a depressão severa, independentemente do seu impacto no índice de massa corporal.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.