Obesidade: Tratamento cirúrgico eficaz na maioria dos casos

Relatório recomenda método

12 outubro 2004
  |  Partilhar:

O tratamento cirúrgico da obesidade é eficaz na maioria dos casos e pode ajudar o paciente a livrar-se de males que lhe estão associados, como a diabetes, a hipertensão e o colesterol, afirmam investigadores.Um relatório baseado em milhares de casos concluiu que este tipo de operação parece alterar a química do organismo, eliminando ou aliviando condições propícias a ataques cardíacos, acidentes vasculares cerebrais ou insuficiência renal.Na maioria dos casos, as intervenções cirúrgicas permitiram a perda de 61,2 por cento de excesso de peso, ou seja de 45 quilogramas, precisam os autores deste relatório, publicado na edição de hoje do Journal of the American Medical Association (JAMA).Além da perda de massa adiposa, a diabetes foi eliminada em 77 por cento dos pacientes, a hipertensão desapareceu em 62 por cento, o colesterol melhorou em pelo menos 70 por cento e a apneia obstrutiva do sono (que leva a paragens respiratórias durante o sono) desapareceu em quase 86 por cento. Todas estas condições estão fortemente ligadas à obesidade e podem ter consequências mortais.O relatório, financiado por uma subsidiária da Johnson & Johnson que fabrica instrumentos cirúrgicos, foi elaborado por uma equipa coordenada por Henry Buchwald, da Universidade de Minnesota, com base em 136 estudos publicados entre 1990 e 2003 sobre 22.094 pacientes em todo o mundo.As intervenções em causa consistem em vários tipos de cirurgias, como a redução do estômago, a colocação de anéis para reduzir o tubo digestivo ou operações de by-pass gástrico ou de parte do intestino delgado. A obesidade aumentou para mais do dobro nos Estados Unidos entre 1980 e a actualidade, afectando um em cada três norte- americanos, ou seja 59 milhões de adultos.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.