Obesidade relacionada com variação de um gene

Pesquisa apresentada na “Science”

23 abril 2007
  |  Partilhar:

 

A variação de um gene específico acresce fortemente os riscos de ser obeso, segundo um estudo conduzido na Grã-Bretanha e na Finlândia que abrangeu 40 mil pessoas, e cujos resultados foram publicados na revista americana “Science”.
 

 

As pessoas que possuem duas cópias do gene FTO correm 70% mais riscos de sofrer de Obesidade do que aquelas que não possuem nenhuma, descobriram os autores destes trabalhos financiados pela Wellcome Trust, a maior organização de pesquisa médica britânica.
 

 

Os indivíduos portadores de uma só cópia deste gene têm 30% mais probabilidades de virem a ser obesos do que os que não possuem qualquer cópia do FTO.
 

 

Uma em cada seis pessoas é portadora de duas cópias do gene FTO na população branca europeia, precisa o estudo.
 

 

Numa primeira fase, os cientistas identificaram esta ligação genética com Obesidade, ao analisarem o genoma de duas mil pessoas que sofriam de Diabetes tipo 2 e ao compará-lo com um grupo de três mil indivíduos. De seguida analisaram as amostras genéticas extraídas de 37 mil pessoas da população geral que não sofre de diabetes na Grã-Bretanha e na Finlândia.
 

 

Fontes: Público e Imprensa Internacional
 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.